Siga-nos

Termópilas

07 jul Termópilas

Batalha épica, mais famosa e heroica de todos os tempos, entre gregos e persas. Ocorreu em 480 a.c.

Trezentos, os temidos soldados espartanos, foram convocados para ficarem na linha de frente em um estreito desfiladeiro chamado Termópilas, para conter a invasão de Xerxes I (Rei Persa).

Contando com uma força opositora de mais de 300 mil homens e 1000 navios. Alguns historiadores chegam a contar dois milhões de soldados, dada como a maior força militar de toda antiguidade. Xerxes I atacou os espartanos sem trégua durante vários dias.

A diferença de proporções poderia ser comparada como se hoje os Estados Unidos atacassem Cuba, com todas as suas forças.

Os 300 espartanos, eram formados pela elite militar da época, que vivia para a Guerra e considerava uma honra morrer em combate.

Tratavam o combate com tanta naturalidade que batedores persas relataram que os gregos do fronte foram avistados fazendo ginastica, a barba e demais amenidades, por enquanto que aguardavam o ataque. Os Persas ficaram tão desnorteados que aguardaram 4 dias para atacar.

O exército grego (7.000 homens) que aguardava os espartanos na retaguarda foi aconselhado a fugir, pois seria aniquilado pelo rei persa na passagem. Ficou, portanto, na mão dos espartanos a missão de fazer Xerxes I se arrepender pela invasão a Grécia.

Sob o custo de suas vidas, os trezentos espartanos dizimaram dezenas de milhares de persas, onde mesmo utilizando seus guerreiros imortais (como era chamada suas tropas de elites), não foram capazes de vencê-los.

Foram obrigados a se retirarem. Voltaram mais tarde com dezenas de milhares de arqueiros, que atirando a distância, acabaram por matar todos os espartanos.
Lição amarga dada a Xerxes I, mostrou que os gregos seriam dificílimos de conquistar pois lutavam por sua liberdade.

Sublinhamos aqui a famosa frase de Leônidas, rei do Espartanos morto em combate. Numa tentativa de suborno, Xerxes I manda avisar que possuíam tantas flechas que iriam cobrir o céu e fazer sombra aos Espartanos.

A resposta de Leônidas: – Melhor assim, combateremos na sombra.

Gostou de nosso texto? Siga a Kitar no facebook.

Sem comentários

Adicione um comentário